Avenida Guararapes: Desafios para a sua conservação

E-mail Print
There are no translations available.

O CECI, em conjunto com a Associação Centro Vivo e o Clube dos Diretores Lojistas (CDL), promoveu um debate sobre os desafios para a conservação da Avenida Guararapes.

A avenida foi construída no centro do Recife na década de 40 e possui um dos mais significativos conjuntos de arquitetura chamada proto-racionalista, proto-moderna ou art-decó. Um grande símbolo da modernização da cidade nas décadas de 50 e 60, a avenida entrou em um processo de declínio a partir dos anos 80 e apresenta hoje grande parte de seus edifícios desocupados e com problemas de conservação.

O Diretor-Geral do CECI, Fernando Diniz Moreira, foi um dos expositores, abordando o processo de  construção da Avenida Guararapes e seu valor como patrimônio.  A outra exposição foi de Vitória Régia Andrade, da Cardus Estratégias Projetuais e do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-PE), que abordou o plano de revitalização feito para a Prefeitura da Cidade do Recife. Entre os debatedores estavam os principais agentes com peso decisório na área, como Inácio Feitosa (Faculdade Maurício de Nassau), Lula Cardoso Ayres (Cine São Luiz), Antonio Campos (IMC), Milton Botler (Prefeitura da Cidade do Recife), Rogério Castro e Silva (Construtora Tecla).

Após a fala dos expositores, os debatedores apresentaram suas idéias, investimentos,  ações e preocupações em relação à área, gerando um rico debate entre os presentes. Ficou claro para todos  a necessidade de articular as ações dos diferentes agentes dentro de uma estratégia comum que envolva a conservação dos valores patrimoniais do conjunto.

 

Projetos

Baltar Biblioteca

conservar_2

Pátio de São Pedro

plano-diretor

istmo

Leia a revista internacional

CT

Parceria voluntária

Lima_e_Silva_Advogado_e_Consultoria

 

 

 

Elaboração e acompanhamento de projetos de incentivos fiscais oferecidos em âmbito federal, estadual e municipal.

You are here: Home Notícias Avenida Guararapes: Desafios para a sua conservação