Textos para Discussão V. 01

Print
There are no translations available.

FINANCIAMENTO DA REVITALIZAÇÃO URBANA NA AMÉRICA LATINA: UMA REVISÃO DA TEORIA E DA PRÁTICA PÓS 1990

Resumo *

Este trabalho objetiva realizar um levantamento do ‘estado da arte’, tanto no campo da teoria como no da organização prática de sistemas de financiamento da revitalização urbana no Brasil e na América Latina. O artigo compõe-se de quatro partes. A primeira parte faz uma revisão da teoria econômica sobre o financiamento do desenvolvimento urbano. Nela são analisadas as contribuições da teoria tradicional e da do desenvolvimento local. Realiza-se, também, uma análise específica da contribuição dessas duas vertentes para o caso do financiamento da revitalização urbana. A segunda parte, a central e mais longa do trabalho, busca traçar uma panorâmica do processo de financiamento da revitalização de centros históricos latino-americanos desde o ano de 1990. Para isso, colocada uma interpretação dos projetos de revitalização urbana como novos projetos de desenvolvimento urbano (PDU), como resposta local aos desafios de uma nova política econômica global. A terceira relata algumas experiências mais significativas de financiamento de centros históricos latino-americanos durante a década de 1990. A última parte apresenta as conclusões gerais do trabalho.

Sílvio Mendes Zancheti **

Texto discussão 01
>
>


* Trabalho realizado para o Seminário “Financiamiento de los Centros Históricos de América Latina y el Caribe” a ser realizado entre os dias 16 e 17 de março de 2006, na Faculdad Latinoamericana de Ciências Sociales (FLACSO) na cidade de Quito, Ecuador. Trabalho realizado para o Seminário “Financiamiento de los Centros Históricos de America Latina y el Caribe” a ser realizado entre os diaa 16 e 17 de março de 2006, na Faculdad Latinoamericana de Ciências Sociales (FLACSO) na cidade de Quito, Ecuador. O trabalho foi financiado pelo Lincoln Institute of Land Policy (LILP).

** Presidente do Conselho de Administração do Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada (CECI) e professor do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Urbano da Universidade Federal de Pernambuco (Brasil).