São João dos Militares de Olinda

E-mail Print
There are no translations available.

Parte do telhado da nave da Igreja de São João dos Militares de Olinda desabou ontem (25/mai) em razão do precário estado de conservação da edificacão.

O trecho da queda foi na área do coro, compreendendo toda a extensão da largura da nave e envolveu a tesoura do frontão. A queda repuxou parte da empena (lado interno) do tímpano da fachada, cuja alvenaria de tijolos à cutelo remonta ao restauro da igreja no final da década de 1930 pelo IPHAN.

Em visita ao local, o Prof. Jorge Eduardo Lucena Tinoco, arquiteto responsável técnico do CECI, verificou que a causa principal do sinistro foi devido a ação das infiltrações das águas pluviais pelo beiral do telhado na ilharga do Evangelho (oposta a da torre sineira). Devido a falta de mínima inspeção e manutenção anual das coberturas, os resíduos minerais comuns nos beirais propriciaram a proliferação de vegetação arbustiva. No levantamento do mapa de danos de 2005, a equipe técnica do CECI já mencionava a necessidade urgente de um retelhamento no telhado, para limpeza e eliminação de goteiras.

 

Imagem do telhamento da nave em 2005

Imagem atual do arbusto que foi "cultivado" no beiral nestes quatro anos, sem manutenção, e que casou graves infiltrações na base da linha de madeira da tesoura.

O CECI, em parceria com a Prefeitura Municipal de Olinda, o Governo do Estado de Pernambuco e a Fundação Maria Nobrega, entre 2005/2006 realizou extenso trabalho de levantamento arquitetônico, mapa dos danos, prospecções, estudos e análises, bem como propôs requalificar o uso da Igreja que à época estava com as atividades litúrgicas e comunitárias paralisadas. A proposta era de revitalizar as atividades litúrgicas a partir de um uso social junto à comunidade jovem em situação de risco, implantando uma escola de excelência em informática e língua inglesa, cujos parceiros seriam a Jubilee Action Foundation (human rights charity -UK), a Secretária Estadual de Ciência e Tecnologia - SECTMA e a Prefeitura de Olinda (Vejam-se notícias sobre este assunto neste website 01, 02 e 03).

Equipe interdisciplinar e interinstitucional debatendo sobre o uso proposto e questões técnicas de restauro da igreja (CECI/2005)

O projeto realizado pelo CECI estava orçado em 2005 em torno de R$ 460.000,00. Entretanto, a proposta não foi implementada em razão de a Cúria Metropolitana de Olinda e Recife não ter aceitado a idéia de se instalar nos ambientes da igreja a escola de excelência para jovens . Aprovaria, apenas, a restauração da edificação para o uso litúrgico comum. As entidades financiadoras e o CECI afastaram-se então do projeto, pois não concordaram em restaurar a igreja sem lhe dar um uso social e religioso. Em 2007, o BNDES acenou com a possibilidade de aplicar recursos financeiros na Igreja de São João, juntamente com a Prefeitura de Olinda. O CECI revisou os custos, mas, novamente, a negociações não prosperaram em razão de a Cúria manter-se firme em só restaurar a igreja para o culto religioso.

É lastimável que a cidade de Olinda venha perder esse patrimônio histórico e artístico, reconhecido pelo IPHAN como monumento nacional, em razão do mais completo abandono pelo proprietário. Neste momento, o prejuízo causado por um simples arbusto, "cultivado" pelo descuído dos anos, é milhares de vezes maior que uma simples inspeção e manutenção anual do telhado.

 

Projetos

Baltar Biblioteca

conservar_2

Pátio de São Pedro

plano-diretor

istmo

Leia a revista internacional

CT

Parceria voluntária

Lima_e_Silva_Advogado_e_Consultoria

 

 

 

Elaboração e acompanhamento de projetos de incentivos fiscais oferecidos em âmbito federal, estadual e municipal.

You are here: Home Notícias São João dos Militares de Olinda