Ruína Precoce

E-mail Print
There are no translations available.

Com o título RUÍNA PRECOCE o Curso de Gestão e Prática de Obras de Conservação e Restauro faz um estudo análitico entre os materiais, técnicas e sistemas construitivos atuais com os tradicionais, ou seja, com aqueles que as edificações do passado testaram no laboratório do tempo.

 

As antigas construções constituem-se num verdadeiro testemunho de resistência e longevidade. Não é preciso reportar ao Oriente para estudar os milenares edifícios egípcios, nem tampouco à Europa com as antigas catedrais. Aqui, bem perto, na paradisíaca Ilha de Fernando de Noronha, paredes e muralhas em pedra e cal de fortificações seculares teimam em fazer parte da paisagem natural exuberante. Levando-se em conta que aquelas edificações foram construídas num ambiente extremamente agressivo de salinidade marinha; considerando as depredações realizadas no passado pelos ilhéos para construção de suas habitações ou das tropas militares para construção de novos postos estratégicos; levando-se ainda em conta o abandono e as intervenções de restauro impróprias ou inacabadas, as fortificações de Noronha são preciosas fontes de estudos para a compressão da resistência das técnicas construtivas tradicionais.

O estudo analítico dos materiais, técnicas e sistemas entre as antigas e modernas edificações é necessário e urgente, pois eventos como ocorrido no último de 14 (out/2004) – Desabamento do edifício Areia Branca, de outros em passado recente e de mais tantos outros sob ameaça iminente de sinistro, aguçam a curiosidade em saber o Por Que da existência de ruínas tão precoces!

Prof.: Jorge Tinoco, arquiteto

 

Projetos

Baltar Biblioteca

conservar_2

Pátio de São Pedro

plano-diretor

istmo

Leia a revista internacional

CT

Parceria voluntária

Lima_e_Silva_Advogado_e_Consultoria

 

 

 

Elaboração e acompanhamento de projetos de incentivos fiscais oferecidos em âmbito federal, estadual e municipal.

You are here: Home Notícias Ruína Precoce