Textos para Discussão V. 48

Imprimir

CONSERVAÇÃO DA AUTENTICIDADE EM CENTROS HISTÓRICOS: UM ESTUDO SOBRE O POLO ALFÂNDEGA NO RECIFE

Diana Lira Zárate e Fernando Diniz Moreira


Resumo

O trabalho discute a conservação da autenticidade de conjuntos de edificações históricas em áreas centrais que foram objeto de ações do Programa Monumenta/BID, tomando como estudo de caso o Polo Alfândega no Bairro do Recife, no Recife. Iniciada em 2000, e ainda em curso, essa intervenção visou restaurar três edifícios de alto valor histórico para a cidade - A Igreja da Madre de Deus, seu convento original e o Edifício Chanteclair - inserindo novos usos nos dois últimos. Essas intervenções criaram um mix com centro de lazer, gastronomia, cultura e compras, com o intuito de contribuir para a revitalização da porção sul da Ilha do Recife, dando continuidade ao processo de revitalização do Bairro do Recife como um todo, iniciado na década de 1990.
A primeira parte do texto apresenta alguns conceitos teóricos utilizados e a segunda oferece uma breve contextualização da estruturação urbana da área e do recente processo de revitalização. A terceira, quarta e quinta partes detêm-se, respectivamente, nos edifícios estudados, abordando a evolução do edifício, seu estado de conservação, sua significância, as intervenções empreendidas com o Monumenta, bem como os impactos gerados na manutenção da autenticidade dos edifícios e das estruturas urbanas.

Palavras chave: Revitalização, Recife, Autenticidade, Programa Monumenta

Texto para Discussão V. 48