Comunidade Gestão de Restauro

E-mail Imprimir

O CECI desenvolve várias atividades na área da Gestão do Restauro, tais como:  o Curso de Gestão e Prática de Obras de Conservação e Restauro do Patrimônio Cultural, em nível de capacitação; o ITUC/AL - Curso Gestão do Patrimônio Cultural Integrado ao Planejamento Urbano da América - Latina;  pesquisas e desenvolvimento de teorias, métodos e instrumentos de manutenção, conservação e restauro do patrimônio construído;  prestação de serviços à comunidade.

Mantém um acervo significativo sobre a técnicas tradicionais luso-brasileiras:


TÉCNICAS TRADICIONAIS LUSO-BRASILEIRAS
Estudos sobre os processos técnicos para conservação do patrimônio construído

Apoio
Sistema de Incentivo a Cultura de Pernambuco

O acervo do CECI sobre as técnicas construtivas tradicionais luso-brasileiras é fruto dos estudos e investigações sobre as técnicas do período colonial brasileiro. O conteúdo desse acervo tem por objetivo distribuir o conhecimento sobre essas técnicas, através de textos, maquetes eletrônicas e modelos reduzidos.

As informações apresentadas são destinadas, particularmente, ao público em geral dos países de língua portuguesa, abrangendo os proprietários, inquilinos e todos os envolvidos com conservação de imóveis antigos, bem como os profissionais das áreas de arquítetura, engenharia, edificações e conservadores e restauradores.

A finalidade desses estudos é de se fazer conhecer as antigas técnicas construtivas tradicionais luso-brasileiras. O CECI constatou, na sua produção de pesquisa/ensino, que a perda do conhecimento das antigas técnicas de construção expõe o patrimônio cultural construído a inúmeros os danos e riscos. Para citar apenas um exemplo, veja-se o caso sobre as conseqüências da ignorância das técnicas de produção artesanal de telhas num dos nossos mais preciosos monumentos históricos - Conjunto Franciscano de Olinda.

Desde 2003, o curso de Gestão de Restauro do CECI, através de seus professores especialistas, mestres de ofício e artífices, vem pesquisando e catalogando um acervo sobre as seculares técnicas de construção luso-brasileiras. Essa documentação vem sendo empregada na capacitação de profissionais através das edições anuais do mencionado curso e auxiliando os técnicos na conservação do patrimônio construído.

Esta atividade do CECI é pioneira no âmbito da divulgação e disponibilização de maquetes eletrônicas e modelos reduzidos sobre técnicas construtivas tradicionais pela Internet no Brasil. O estado de Pernambuco é considerado um centro de excelência na informação e capacitação sobre a conservação do patrimônio cultural construído, utilizando a Tecnologia da Informação - TI, particularmente o Ensino à Distância - EaD. Essa façanha vem sendo construída desde o ano 1997, e pode ser verificada pelos dados estatísticos atuais de visitas (7.000/mês) e impressões (75.000/dia) do website e, pelas centenas de profissionais capacitados pelos cursos de Gestão do Património Cultural Integrado ao Planejamento Urbano da América Latina - ITUC/AL e de Gestão e Prática de Obras de Conservação e Restauro do Patrimônio Cultural - Gestão de Restauro.

A divulgação desse acervo foi possível graças ao apoio do Governo do Estado de Pernambuco, através do Sistema de Incentivo à Cultura/FUNCULTURA . No período de preparação do projeto verificou-se a necessidade de se ampliar a disponibilização do conteúdo das informações no website. Foram acrescidos espaços para textos, imagens, bibliografia e links, além do ofício da pintura, junto à divulgação das maquetes eletrônicas e modelos reduzidos dos ofícios tradicionais da cantaria, estuque, alvenarias, forja/fundição e carpintaria/marcenaria.

O acervo tem como responsável técnico o arquiteto Jorge Eduardo Lucena Tinoco, professor especialista em conservação e restauro de monumentos e conjuntos históricos, e o arquiteto Roberto Antonio Dantas de Araújo, professor doutor em técnicas construtivas tradicionais. Os mestres de ofícios e mestres artífices que compõe o corpo de instrutores do CECI são:

• Hamilton Martins de Souza, mestre artífice canteiro e escultor
• Gilmar Crisóstomo da Silva, mestre artífice estucador e escultor
• Amauri Luiz de Queiroz, mestre de obras e mestre artífice estucador
• Cícero Benício da Silva, mestre estucador e ladrilheiro
• Hermínio Filomeno da Silva, mestre artífice ferreiro e fundidor (também é engenheiro civil)
• Euclides Lucena Neto, mestre artífice ferreiro e fundidor
• Giovani Almeida Silva, mestre artífice carpina e marceneiro
• Moisés Floriano de Arruda, mestre artífice carpina e marceneiro

O CECI informa que acervo e este website estão em processo constante de ampliação pela aquisição de novos documentos. Você, visitante, está convidado a participar das atividades da comunidade Gestão de Restauro através da doação de antigos manuais práticos, textos sobre técnicas, imagens de antigas ferramentas e equipamentos, maquetes eletrônicas, modelos reduzidos, bem como indicando links sobre o assunto. Contato: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Jorge Eduardo Lucena Tinoco & Roberto Antonio Dantas de Araújo

 

Projetos

Baltar Biblioteca

conservar_2

Pátio de São Pedro

plano-diretor

istmo

Leia a revista internacional

CT

Parceria voluntária

Lima_e_Silva_Advogado_e_Consultoria

 

 

 

Elaboração e acompanhamento de projetos de incentivos fiscais oferecidos em âmbito federal, estadual e municipal.

Você está aqui: Home Pesquisa Linhas de pesquisa Gestão de Restauro