Pioneering minds in the construction of cultural capital

Imprimir

livro_education-preservationaPioneering minds in the construction of cultural capital: Cultural entrepreneurship and Preservation Education

Pioneering minds in the construction of cultural capital: Cultural entrepreneurship and Preservation Education

The CECI is once again is one of the pioneer institutions in constructing cultural capital on a new cultural concept: Cultural Entrepreneurship. The book “Cultural Entrepreneurship in Theory, Pedagogy and Practice”, - edited by Olaf Kuhlke, Annick Schramme and Rene Kooyman and launched in June 2015 in Duluth, Minnesota, USA – is an outcome of the first world meeting aiming at joining experts in teaching and learning cultural entrepreneurship from 5 continents, discussing and reflecting on issues, challenges and dilemmas involved in engaging students and professional in entrepreneurial behaviour. In the Chapter “New teaching and learning approaches to cultural entrepreneurship for heritage conservation training programs in Brazil” (Karla Penna, Jorge Tinoco & Elisabeth Taylor), CECI presents its experience on inserting Cultural Entrepreneurship into its training curriculum scope as fundamental for the proper preparation of cultural heritage preservation and conservation professionals.

CECI also had an important role in constructing another pioneer concept: Preservation Education. In September 2014 was published the book “Preservation Education: Sharing Best Practices and Finding Common Ground”, edited by Barry Stiefel and Jeremy Wells. This book was an outcome of a conference with the same name held in Providence, Rhode Island, USA in September 2012. In the same format of the Duluth Conference, the conference in Providence offered a unique opportunity for educators from around the globe to concentrate on ways to assess and improve programs that focus on the historic environment and heritage. Participants assembled in a special session to discuss and refine concepts directly or tangentially raised in the presented papers, including some that were controversial. Through this process, the participants defined a common set of problems and potential solutions as well as a vision for the future of historic environment education.

In 18 produced chapters by worldwide experts, CECI contributed with three chapters in the Preservation Education book – 16% of the selected knowledge for composing the cultural capital on this thematic – showing how CECI’s experience is important in the international field:

- Challenges and Dilemmas in Heritage Conservation
Silvio Mendes Zancheti

- Benefits of Using Qualitative Ethnographic Methodology in the Evaluation of Preservation Training Programs’ Performance in Developing Countries
Karla Nunes Penna and Elisabeth Taylor

- Training in the Conservation of Modern Architecture: A Latin American Experience
Fernando Diniz Moreira and Luiz Manuel do Eirado Amorim

Mentes pioneiras na construção de capital cultural: Empreendedorismo Cultural e Educação para a Preservação

O CECI contribui mais uma vez na construção de um conceito pioneiro no âmbito internacional: o Empreendedorismo Cultural. O livro "Empreendedorismo Cultural em Teoria, Pedagogia e Prática", - editado por Olaf Kuhlke, Annick Schramme e Rene Kooyman e lançado em junho de 2015 em Duluth, Minnesota, EUA – foi fruto da primeira reunião mundial entre os maiores experts na área de ensino e aprendizagem do empreendedorismo cultural provenientes de cinco continentes, discutindo e refletindo sobre problemas, desafios e dilemas envolvidos na adoção do comportamento empreendedor como fundamental na sustentabilidade das sociedades contemporâneas. O CECI participa do livro com o capítulo "Novas abordagens de ensino e aprendizagem em empreendedorismo cultural para programas de treinamento de conservação do património no Brasil" (Karla Penna, Jorge Tinoco e Elisabeth Taylor), apresentando sua experiência de inserção do Empreendedorismo Cultural na sua grade curricular, como fundamental na preparação do profissional da conservação e preservação do patrimônio cultural.

O CECI também teve uma contribuição significativa em outro livro sobre um conceito pioneiro: Educação para a Preservação. Em setembro de 2014 foi publicado o livro "Educação para a Preservação: Compartilhando Boas Práticas e Encontrando um Discurso Comum", editado por Barry Stiefel e Jeremy Wells. Este livro foi o resultado de uma conferência com o mesmo nome realizada em Providence, Rhode Island, EUA, em setembro de 2012. Com o mesmo formato da conferência de Duluth sobre Empreendedorismo Cultural, a conferência de Providence ofereceu uma oportunidade única para os educadores de todo o mundo discutirem maneiras de avaliar e melhorar os programas que incidem sobre o histórico ambiente e do património. Os participantes se reuniram em sessões especiais para discutir e aperfeiçoar conceitos diretamente ou tangencialmente levantados nos documentos apresentados, incluindo alguns pontos controversos. Através deste processo, os participantes definiram um conjunto comum de problemas e soluções potenciais, bem como uma visão para o futuro da educação histórico ambiente.

Em 18 capítulos produzidos por experts de todo o mundo, O CECI contribuiu nesse livro com 3 capítulos – 16% do conhecimento selecionado para compor o capital cultural sobre esse tema - demostrando a importância do CECI no âmbito internacional. São eles:

- Desafios e Dilemas na Preservação do Patrimônio Cultural
Silvio Mendes Zancheti

- Benefícios do Uso de Metodogias Qualitativas Etnográficas na Avaliação de Qualidade de Programas de Treinamento para a Preservação em Países em Desenvolvimento
Karla Nunes Penna and Elisabeth Taylor

- Treinamento na Conservação da Arquitetura Moderna: Uma Experiència Latinoamericana
Fernando Diniz Moreira and Luiz Manuel do Eirado Amorim

livro_education-preservation