Mostra ao público do restauro da Penha

E-mail Imprimir

penha_logo_miniA Basílica da Penha foi aberta ao público numa sexta-feira para visitação às obras de conservação e restauro empreendidas desde dezembro de 2007 até abril de 2012. Na ocasião, o Exmo. Sr. Governador do Estado Pernambuco, Dr. Eduardo Campos, visitou o canteiro de obras e pode acompanhar junto ao Reitor da Basílica a mostra dos serviços realizados.

O Gorvernador e a primeira dama foram à Benção de São Félix e afirmou que “vinha aqui com minha mãe quando era criança para agradecer e pedir. Ainda costumo vir com Renata”. Eduardo Campos foi acompanhado pelo Reitor da Basílica, Frei Luis de França Fernandes. Na oportunidade, o Governandor discussou e foi bastante cumprimentado pelos fiéis. Para o evento o CECI preparou uma série de banners para apresentação ao público em geral e às autoridades sobre os serviços já concluídos.

visita_governadorPENHA_20a

Eduardo e Renata Campos, acompanhados por Frei França, na exposição dos trabalhos de restauro da primeira etapa das obras.

A Basílica da Penha é tombada pelo Governo do Estado de Pernambuco, através do Decreto no 35.279, de 02/julho/2010, que homologou a Resolução 003 do Conselho Estadual de Cultura, de 11/maio/2010. Também se encontra sob a proteção legal do instituto jurídico do tombamento federal, através do pedido realizado pelo CECI, com base no Decreto Lei no 25, 30/novembro/1937. Tal pedido encontra-se na 5ª SR/IPHAN em processo de análise. Ambos os pedidos foram apresentados pelo CECI.

A atual feição da Basílica da Penha remonta ao segundo quartel do século XIX (1870), com caracterísitcas neoclássicas paladiana, possuindo elementos construtivos e compositivos cujos valores de significância são considerados excepcionais:

a] Expressivos valores artístico e histórico, refletidos em sua concepção de planta, volumetria e bens integrados, bem como a introdução de elemento abobadado em cúpula na sua coberta, materializando o poder religioso na paisagem urbana;
b] Excepcional exemplar no Brasil das técnicas construtivas do período da Arquitetura Clássica. Os trabalhos decorativos em estuque, particularmente nas técnicas do marmorino e escaiola, tanto no interior como no exterior, fazem-na única no Nordeste do Brasil;
c] Mantém o vigor devocional e religioso, marcante dos séculos passados e que perdura até os dias atuais, sem perda de valor, recebendo semanalmente milhares de fiéis para as benções de São Felix e da Virgem.

forro1 forro3 forro4 forro6
forro8 forro9

banner_penha1

cupula5 cupula3 cupula cupula2 cupula4
telhado1 telhado3 telhado2 santa0 santa5 santa6

 

 

Projetos

Baltar Biblioteca

conservar_2

Pátio de São Pedro

plano-diretor

istmo

Leia a revista internacional

CT

Parceria voluntária

Lima_e_Silva_Advogado_e_Consultoria

 

 

 

Elaboração e acompanhamento de projetos de incentivos fiscais oferecidos em âmbito federal, estadual e municipal.

Você está aqui: Home Notícias Mostra ao público do restauro da Penha