Estudos do entorno da Igreja de São João dos Militares – Olinda-PE

Imprimir

O CECI está desenvolvendo uma pesquisa, sob coordenação da  professora, Vera Milet na área do entorno da Igreja de São João dos Militares.

Essa pesquisa tem dois objetivos:

1 - identificação do processo de ocupação territorial do entorno da igreja
2 - identificação das relações existentes entre a população circundante e o bem cultural.

Os estudos resultam de um voluntariado das arquitetas Anna Caroline Braga, Fabiana Gameiro e Vanessa Maschio estudantes do Mestrado de Desenvolvimento Urbano da UFPE, com área de concentração em Conservação Integrada Urbana e Territorial.

O estudo do processo de ocupação territorial do Largo da Igreja de São João dos Militares tem como metodologia a consulta à documentação textual e iconográfica. A documentação iconográfica utiliza os registros cartográficos do período entre os séculos 16 ao 20, gravuras, pinturas e fotografias. Todo o material esta sendo catalogado, analisado e avaliado sendo que, em breve, será disponibilizado para consulta na Biblioteca Virtual neste site.

Quanto à população circundante, o bem cultural, os usos e os costumes do entorno de São João, a pesquisa visa identificar a relação da comunidade com a igreja. O universo pesquisado é a comunidade do entorno imediato com delimitação física definida pela rua de São João, Largo do Amparo, e Rua do Guadalupe  As informações estão sendo coletadas através dos seguintes procedimentos:

     . Observação direta, onde são levantados usos e apropriações do lugar: uso do adro da igreja, localização das sedes de blocos e agremiações carnavalescas mais próximas, e de bens imateriais inerentes ao entorno da Igreja.

     . Identificação dos usuários da igreja e dos membros da irmandade de Bom Jesus dos Martírios.

     . Identificação dos moradores mais antigos que mantêm tradição cultural e afetiva com o lugar. Aplicação de questionários, visando compreender as relações estabelecidas entre a população e o bem e revelar os significados atribuídos pelos moradores ao bem.

     . Registro, por meio da história oral, das festividades e procissões, e de outras manifestações sócio-culturais que se confundem com as histórias da Igreja de São João.

As imagens abaixo registram as entrevistas feitas coma população e parte dos dados coletados:

Fabiana entrevistando D. Creuza Maria da Conceição Marques

Anotações  feitas por de D. Corsina (73 anos no local) com datas de obras realizadas em São João dos Militares.